Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sonhos

Sonhar...
       talvez
       sonhos impossíveis,
       sonhos irreais,
       sonhos difíceis,
mas sonhos guardados pela esperança.


Esperança,
         guardiã da vida,
                 dos anseios,
                 das quimeras!

         Que não chegues tarde demais,
         quando tudo não for mais nada,
         quando o nada resumir o tudo
         e os sonhos
         se desvanecerem na amplidão infinita,
         e nada mais restar
         senão desilusão...  
Nadir de Andrade
Enviado por Nadir de Andrade em 01/05/2006
Código do texto: T148730
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir de Andrade
Barreiras - Bahia - Brasil
134 textos (6225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:35)
Nadir de Andrade