Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chuva

"Um dia chuvoso,
nada de novo, aqui sempre chove,
o que me derrete é a saudade.

Eu me lembro do teu cheiro tão gostoso.

Hoje não vou te ver de novo,
nada de novo, eu sempre estou sozinho,
o que me mata é que poderia estar contigo.

E teu sorriso é tão lindo.

Perdoe-me o mau jeito,
não sei lidar com a felicidade ainda;
mas aprendo se você quiser tentar me ensinar.

Se ele tentar voltar,
se ele fizer um discurso emocionante,
ligue-me na mesma hora,
eu faço um mais emocionante ainda.

Eu não posso dizer que não o entendo,
ficar sem você é tão difícil.

Eu tenho uma música pra gente,
você quer ouvir comigo?"
Diego Filipe Araujo Alcântara
Enviado por Diego Filipe Araujo Alcântara em 02/05/2006
Código do texto: T148792
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diego Filipe Araujo Alcântara
Camanducaia - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
152 textos (7337 leituras)
7 áudios (2204 audições)
1 e-livros (167 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:31)
Diego Filipe Araujo Alcântara