Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mão Dupla

Veja-me como o vejo
Não só com os olhos da carne
Veja-me por inteira... com os olhos do coração,
Sem salientar demais os prazeres corporais,
Pois tudo tem o seu lugar, a hora certa,
E com certeza quando chegar
Saberemos degustar.
 
Tens experiência suficiente para ser seletivo no modo de viver,
Sabes que o amor é como um vinho raro
Quanto mais curtido, mais delicioso é o seu paladar,
Então prá quê a presa? Vale a pena esperar.
 
Olhe-me... veja-me como uma mulher com cérebro
Sei o que quero e quando quero,
Sem perder-me em tua aparência física,
Sem vê-lo, só como um homem que me dará prazer,
Quero de ti mais do que isso,
Prazeres só em forma de desejos, são fáceis de encontrar,
Em qualquer lugar, tem sempre alguém a ofertar,
Quero-te um homem completo, pensante, romântico,
Quero namorar-te... enamorar-me...
O resto... será só o resto, pois quando isso chegar
Minha mente entrelaçada pela tua
Finalmente encontrou seu par.
 
Pense nisso que acabo de te dizer,
Se for isso que também queres,
Um amor tântrico, perfeito, completo,
Acima do modismo corporal que se vê por ai,
Se assim o for... seja bem vindo amor.
 
Sandra Wajman Grüner
Sandra Wajman Gruner
Enviado por Sandra Wajman Gruner em 02/05/2006
Código do texto: T148813
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sandra Wajman Gruner
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
116 textos (7134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:29)