Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Jogos Carentes

Um grande amor não se
faz só com ramos
de rosas botoadas de
cores, e afagos de
mãos carinhosas.

Eu, aprendi ao longo da vida,
que o tal amor,
é uma grande incógnita,
cheia de grandes perguntas
doloridas e respostas
de senão !

É feito também de
pequenos fiapos de dor,
mortalhas sem sentido e
frias, de idas
e vindas, onde não
existem caminhos.

Um amor se constrói
escravizando-se
impulsos,correntes,
grilhões,pávidos,
jogos carentes, e também
secos ramos de azaléas.

Um amor só se constrói
na dor.
Dor de constantes
dor que rói.

E amigo,
se dentro de seu amor
você só ver céu azul e
azuis infinitos,
precavenha-se
a dor vai lhe chegar.

Dor igual, mas
seca, sem cor,
sem bravura,
pronta pra morrer
na primeira brisa de primavera.
José Kappel
Enviado por José Kappel em 02/05/2006
Código do texto: T148836
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26782 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:48)
José Kappel