Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

É O ÚNICO JEITO

Se é pra sangrar,
Que seja logo
Com unhas e dentes
E cotonetes...

Se for pra sangrar,
                  Rasgue meu peito
                  Me pregue na praça
                  Com percevejos
                  Com fel na taça
                  É o único jeito...

Se é pra sangrar,
Desvende meus poros
Com facas e garfos
E alicates...

Se for pra sangrar,
                  Devasse meu antro
                  Derrame meu vinho
                  Expulse os demônios
                  Arreganhe meu sexo
                  Desate meu peito
                  É o único jeito...

Se é pra sangrar,
Me torne um mito
Com balas e pedras
E computadores...

Se for pra sangrar,
                  Me torne astronauta
                  Me interne no hospício
                  Me Frankstenize
                  Me roube os sentidos
                  Mas não me dê tréguas
                  Senão viro lôbo
                  Senão viro égua
                  Senão viro vírus
                  Senão viro peste
                  Consumo a espécie
                  E então me eternizo.



Preto Moreno

Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 03/05/2006
Reeditado em 05/05/2006
Código do texto: T149600

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Orivaldo Grandizoli). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
6768 textos (102465 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 19:58)