Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Volúpias!

Simplesmente te amo
Não sei dizer ao certo
Qual momento, nem ocasião...
Mas tomaste meu coração

Folha de árvore, ramo...
Folia quando tudo perto
Fuga sem rota por um balão
Cesta que tira, mais sedução...

Pêlos, poros & pele...
Cílios, adornos, um olhar...
Braços, cintura a enlaçar,
Finos lábios, umbigo, um leve tocar...

Sentinela que raspa a rede
Desenganos fortuitos a começar
Lápis para a cútis para engraçar
Seda, damascos, finas seivas, beijar...

Calor, noite & luar,
Velas, flores, jantar,
Pano, seda a desvendar,
Unhas levemente a tatuar...

Fôlego acelerado, suar,
Formas variadas, fome aumentar,
Roupa aos cantos, navegar,
O corpo em explosão, uivar...

O calor do pensamento que a tez traz em tanto amor!

Peixão89 & Thyz
Peixão
Enviado por Peixão em 04/05/2006
Reeditado em 23/06/2006
Código do texto: T150084
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120249 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:06)
Peixão