Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Natural





uma árvore cresce pelo princípio,
pela vontade da semente.
Um poema pelo fim, pelo desespero do canto.
Não há coisas tão iguais, pela flor do verbo.

Constantino Mendes Alves
Enviado por Constantino Mendes Alves em 04/05/2006
Código do texto: T150200
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Constantino Mendes Alves
Portugal
324 textos (3787 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:45)
Constantino Mendes Alves