Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR INCOMPREENDIDO

Não queria crescer, mas cresci.
E agora?
Minha alma vagueia sem destino certo
Reclamando a tua falta.
Fecho meus olhos,
Tudo gira, gira, gira.
O amor com seus pés velozes
Foge de mim.
A paixão em meio a todo seu fogo, me sufoca.
A solidão com seu manto negro, me persegue,
A saudade viaja em meu pensamento.
Remexendo em meu passado,
Me trazendo de volta a tristeza.
O egoísmo as vezes me invade,
Mas que culpa tenho se o quero
Só para mim?
A embriaguez se aproxima
Fazendo-me cair em sono profundo.
A felicidade pegou carona nas asas de um pássaro
Que voou para bem longe.
Ironia do destino...
Ou a certeza de que nunca mais o verei,
O terei só para mim?
Já não é possível conter as lágrimas.
Com você tudo se foi ...
Inclusive minha alegria e a vontade de viver.
E o que restou foram apenas
Lembranças de um amor incompreendido.
anjosemalma
Enviado por anjosemalma em 04/05/2006
Código do texto: T150217
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
anjosemalma
Cricíuma - Santa Catarina - Brasil, 37 anos
21 textos (620 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:17)
anjosemalma