Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Outono

A manhã está fria
Ando pisando nas folhas caidas
O amanhecer foi longo
Os primeiros raios de sol
Entre as árvores
Enfeitam as folhas com gotas de orvalho
Como se fossem pequenos brilhantes
Ferindo meus olhos..
O vento frio toca o meu rosto
Como um beijo de adeus
O barulho das folhas secas
Sob meus pés enquanto caminho
É o único som que chega aos meus ouvidos
A manhã vai despetando aos poucos
O cheiro do alvorecer
Me enche a alma de saudade
Caminhei a madrugada a fora
Me convencendo..
Tentando entender..
Nessa manhã de outono
Que eu só posso continuar caminhando
Que não tenho asas
Para te alcançar..

03/04/06

Lia Hydalgo
Enviado por Lia Hydalgo em 04/05/2006
Código do texto: T150412
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lia Hydalgo
Atibaia - São Paulo - Brasil
112 textos (7787 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:42)
Lia Hydalgo