Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SENTINELA

Como água de chuva
que corre ladeira abaixo
que escorre pelo riacho
e some no meio do mar

Como cacho de uva
que é gozo no sabor do vinho
e os pés donos do caminho
no seu próprio caminhar

Vou buscando seu carinho
dentro do meu próprio ninho
Te vejo indo sozinho
me sinto só por você
Calo-me no teu silêncio
respiro teu desalento
me encontro tomando assento
no vácuo do anoitecer

Eu vejo passando o tempo
a fruta a amadurecer
mas não vejo quem a colha
O senhor dessa escolha
preferiu repousar sob folhas
deixar o tempo resolver

Como pena solta ao vento
que vai sem destino atento
vou marchando em passo lento

No intento de seguir
vou seguindo o seu vazio
lembrando o sabor do cio
velando você daqui.

D.V.
05/96

Copyright © 2005 Dulce Valverde
All Rights Reserved
DULCE VALVERDE
Enviado por DULCE VALVERDE em 05/05/2006
Código do texto: T150963
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e link para o site " http://recantodasletras.uol.com.br/autor_textos.php?id=6199 "). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
DULCE VALVERDE
Estados Unidos, 46 anos
390 textos (10859 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:58)
DULCE VALVERDE