Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu sei



Sei que a vida é ligeira
Irredutível em sua trajetória
Sei também que é trapaceira
Capiciosamente derradeira
No momento em que se quer recomeçar...

Sei que a vida é coisa séria
Estudo, pesquisa, lição
Sei que encerra a grande miséria
Dura prova de múltipla opção
Sei que é a maior pilhéria
Que ludibria nosso coração...

Sei que a vida é um Dom raro
Preparo feito de amor
Engano, erro, reparo
Rosário que tem seu valor
Taxa alta...preço caro
Que pagamos com suor

Sei que a vida é um disparate
Momento fugaz...irreal
Leva na cor escarlate
O fogo do esquecimento
De tudo que é natural
Viver é mesmo uma arte!

Sei que a vida é tudo isso
Sem muito dela saber
Do corpo, torna-se um vício
Do coração...um prazer
Da alma, o Dom fictício
Que a impede de morrer!



Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 06/05/2005
Código do texto: T15097
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215245 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:47)
Priscila de Loureiro Coelho