Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não deixem passar esta hora





Não deixem passar esta hora
sem olhar para trás,
sem celebrar o pulsar quente
das artérias, façam uma paragem
no movimento dos olhos, deixem de ler o poema,
fixem o silêncio das mãos, agora,
não acontece outra vez.

esse mar infinitamente pequeno e suave,
são vocês mesmo, flutuando num verbo.

Curiosamente voltam a ler o poema.
Estou certo que isso é realmente importante.

Constantino Mendes Alves
Enviado por Constantino Mendes Alves em 05/05/2006
Código do texto: T150993
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Constantino Mendes Alves
Portugal
324 textos (3787 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:44)
Constantino Mendes Alves