Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se Tem, Guarda

Compra e guarda
pois nem popular é.
Compra e guarda
- faz como a pele -
arde e frisa,
tosquia e amedronta,
faz o de dentro, o de fora,
mascara a dor,
mas deixa permeiar
a plenitude.

Se tem, guarda
se não tem, procura.

Quem procura acha
quem acha esconde.

Quem tem diz que não.
Quem já possui diz que usou.

A dor é assim: é de um
dono só. Proprietários de
falências, jugo de sonhos
ponderáveis até você acreditar
que está envolvido nisso como
sombras dentro de porões.

Mas dai vai um aviso:
seja mas discreto
pois tudo é muito pessoal,
é muito pijama de dormir!

Mulher vaga não pode ouvir,
homem de três passos não pode saber.
Se você quer, você tem.
Se perdeu a vez,
vez do outro em seu lugar.

Então faz da dor objeto pessoal,
do esquecimento, um círculo,
da fraqueza um belo cinto
e nele,
no casual da noite,
faz corda de pescoço
prá desvanecer
o pobre espírito
para sempre.
E só conta o era uma vez.
José Kappel
Enviado por José Kappel em 07/05/2006
Código do texto: T151699
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26787 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:48)
José Kappel