Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Amor dos Sozinhos

Os sós também amam !
E seu amor é difícil de entender.
Tem sentimentos tão profundos,
que mergulham em desejos
de querer desesperado,
que assustam o espírito,
do objeto de seu amor.

Os sós amam mais !
Tem ânsias de elevarem-se.
E vagar ao céu para tocar
o mundo das estrelas,
onde elas repousam tão serenas,
amando e sentindo as emoções,
de um coração apaixonado.

É no silêncio este amor !
Onde os corações solitários
se encontram inebriados,
arrebatados em desejos.
E se movem acalentados,
sem gestos, nem palavras,
num misterioso sentimento.

É belo, é lindo esse amor !
Tem respirar de carícias matinais
e o encanto do luar ensolarado.
Lembrando poemas alentadores,
em manhãs de frias madrugadas,
quando os astros se encontram,
e alegres, se unem apaixonados.

Amor calado de ternura !
E fazem lindas canções iluminadas.
Com palavras que nunca foram ditas.
E como murmúrio de brisa fresquinha
e o sussurro do eco de mil vozes,
transformam-se, em meiguice e brandura,
na poesia do coração e da alma de um poeta.
Maria
Enviado por Maria em 07/05/2006
Reeditado em 04/06/2011
Código do texto: T151712
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4551 textos (185973 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:10)
Maria

Site do Escritor