Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estrela que Nasceu

Antes um risco no céu,
em busca de um pouco de luz.
Agora uma forma nebulosa,
por entre focos luminosa,
na transparência do véu,

buscando na nuvem
ou no céu:
Um brilho fraco,
mas dominante,
num riso contagiante.

Tendo na luz,
emoção.
No choro,
uma canção.
No grito,
um coração.
No dia,
a escuridão.

Antes um resto de piedade,
todo marcado de maldade,
penando na  humilhação

Agora,

um fio de eternidade,
buscando só a verdade,
e sabendo que tem razão.
 
Antes um mundo sem fim,
sem ninguém a sorrir prá mim.
Agora total alegria,

que numa manhã se erradia,
como num ato de magia,
em busca do puro amor.

Buscando a sã esperança,
num coração de criança.
Jogando fora a lembrança,
do dia ruim que passou.

Sendo um raio de certeza,
exprime toda a beleza
que a própria natureza,
como presente lhe deu.
 
Com um sorriso no rosto,
aplacando todo desgosto
vai surgindo o esboço,
da estrela nova que nasceu
 
E numa teia de felicidade,
à caminho da liberdade,
está toda sinceridade,
da dádiva do amor.
 
Brilhando a estrela poente,
num céu que é só da gente
sem saber ao certo o que sente,
quando encontra o esplendor!
Maria
Enviado por Maria em 08/05/2006
Reeditado em 04/06/2011
Código do texto: T152305
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4554 textos (186053 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:54)
Maria

Site do Escritor