Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS CIÚMES


Os ciúmes tem cara feia
E um rosto pesado
Seu semblante é tenso
E ele carrega na mente
Todo sofrimento acumulado
De fantasias e idéias
Que lhe deixam atormentado

Ele não consegue pensar
Ou viver o presente
Se tortura por algo que não vê
E se martiriza loucamente
Por uma visão que apenas sente

A ilusão é seu combustível
E a ira – o seu grande terror
De tudo ele desconfia:
Até de si mesmo
E do seu grande amor.

Oh, ciúmes, o que tens?
Para onde pensas que vai
Se o teu pensamento constante
E também irritante
Vai te deixar mais insone
Te carregando pra baixo
E os teus olhos irados:
- mais secos e vedados?

Oh,ciúmes
Vai cuidar de tua vida
E deixa para trás
Tua amada querida
Para que ela viva mais
E tu – porventura
Possas viver em paz!!!
Pedro Ernesto Prosa e Verso
Enviado por Pedro Ernesto Prosa e Verso em 08/05/2006
Código do texto: T152363
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Pedro Ernesto Prosa e Verso
Fortaleza - Ceará - Brasil
439 textos (8782 leituras)
1 e-livros (6 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:35)
Pedro Ernesto Prosa e Verso

Site do Escritor