Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SORRISO GUARDADO NA GAVETA

Tal mãe, tal filha.
Lindeza nos rosto, nos cabelos,
na voz(inha) estridente
de boneca de pilha!

Papai ciumento de tudo!

Que beleza a poesia do amar!
Bom quando se pode viciar alguém
no amor de viver...
Razões pra sonhar o futuro.

Imagino os dentinhos-de-leite
da Belzinha
caindo como pérolas maduras.
Mamãe guardando, guardando.
Só pra que não se perca a infância.
 
Bel, aborrescente,
talvez não venha a morder o mundo...

Isabel, aos quinze, desejosa,
possivelmente valseie sobre nuvens
a tal alegria de continuar viva.

– Do livro BULA DE REMÉDIO, 2004/2009.
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/152398
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 08/05/2006
Reeditado em 29/09/2009
Código do texto: T152398
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joaquim Moncks). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
2581 textos (709710 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:47)
Joaquim Moncks