Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Rio da Minha Vida

O Rio da Minha Vida
(Sávio Assad)
 
Sou nascente, em meio a verdejante folhagem.
Desço solitariamente entre rochas edificantes.
E vou crescendo a todo momento mais e mais.
 
Passo por pastagens umedecendo a terra.
Mato a sede do povo do campo e de lugarejos.
Chego a cidade grande, onde sou desprezado.
 
A cada minuto me matam um pouco, sem dó.
Engulo restos e sobras de tudo e de todos.
Sem me darem muito atenção, só desprezo.
 
Alcanço o mar, já sem fôlego e sem forças.
Sou tragado pela correnteza do sal a me queimar.
E desapareço, sem vestígio e sem destino.
 
Niterói- -RJ - 05/05/2006
Sávio Assad
Enviado por Sávio Assad em 08/05/2006
Código do texto: T152415
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sávio Assad
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
419 textos (26695 leituras)
19 áudios (1373 audições)
4 e-livros (106 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:39)
Sávio Assad