Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANÇÃO DE NINAR MAMÃE



Minha mãe mora com Deus
E cuida de carneirinhos.

Mas se lhe chega um ateu
Para ele tem mil carinhos.

Lava e louva os anjos
E os põem nuvens branquinhos.

Soletra com os Arcanjos
Nossas estradas, caminhos.

De Deus carrega promessas
De nos criar e tecer;

Como o Amor não tem pressa,
Aos poucos vem nos trazer.

Cansada para um pouco
E recupera a cor;

Um arco-íris ao louco
E ao cego uma flor.

Prepara a cama do sonho
E nela me põe pra deitar

E num sorriso risonho
Me conta do céu, do mar.

Se só estou nesse mundo,
Sozinho lá não estou;

Mamãe me deita nos braços
Do Deus que lá me criou.

Nana, mamãe, hoje eu canto,
E por cantar sou assim;

Toda metade inteira
Que cabes dentro de mim.

Nana, mamãe, hoje eu canto,
No teu berçário estelar;

Só quando chega a noite
Deus o sol vem apagar.



Preto Moreno




Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 08/05/2006
Código do texto: T152530

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Orivaldo Grandizoli). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
6777 textos (102515 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:51)