Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESTRANHA BENÇÃO

Mãos atadas,
olhos vendados,
pés descalços,
sem estrada.
Rumo incerto,
a céu aberto,
sem chão, sem teto,
fora de casa.
Mas, meu Deus,
que incoerência!
Estranha benção:
nas minhas palavras
tenho asas...

Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 08/05/2006
Reeditado em 08/05/2006
Código do texto: T152595

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 54 anos
722 textos (154011 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:12)
Débora Denadai