Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Acontecimento urbaníssimo

Como tem chorado
o homem
que mora aqui ao lado

Acordo às madrugadas
com seu surdo soluço
Rio turvo em rosto turvo

Desde que conheço o inocente
não há vértebras ou músculos seus
que não chorem de corpo inteiro

Tão imensa e tão mínima
é a pátria do peito
que só deseja voltar para casa

Aqui sobrevivo enlouquecido menino
que sonha apenas salvar o mundo

É preciso
não voltar ainda para casa

Mas como fazem falta minhas asas
Rossyr Berny
Enviado por Rossyr Berny em 08/05/2006
Código do texto: T152712
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rossyr Berny
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
61 textos (3128 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:17)
Rossyr Berny