Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ouvidor de Donzelas

Beiro assuntos corriqueiros,
assumo posições de devaneios
- espanto à cobrar -
desistência à provar.

Só me querem bondoso,
igual a uma fruta macia,
reflito raro e sutil,
pois sou de cobrar honroso.

Por isso, hoje,levantei cedo,
empalhado de sono e pensei:
de que vale a vida
se de vida não tenho nada?

Sou boneco falante
moro numa casa gigante
sem portas e janelas
pois sou pobre ouvidor
sem mais donzelas.
José Kappel
Enviado por José Kappel em 09/05/2006
Código do texto: T152896
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26780 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:29)
José Kappel