Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Céu Tem Horas

Parto! Vou prá um
porto seguro!
Que tenha vaga
para desmedidos!

Vou! Vou agora de ancinho,
sem me perder pelo caminho!
Se já ouviu falar de mim,
também por lá já sonhou!

Em rubras noites divago,
sem você sou peça
sem encaixe, sou vago!

Parto, levo de lembrança
beijos seus, brancos, alvos!

Parto, levo meu espírito
já sem esperança,
prá terra de ninguém
esperar a tal hora
que levam a gente
prá voltar nunca mais,
pois nem sol de repente
alvoroça sua cor por
entre meus
céus de vinténs.

José Kappel
Enviado por José Kappel em 09/05/2006
Código do texto: T152898
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26782 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:42)
José Kappel