Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MALDITA DROGA

__________________________________________________________
DEDICO A TODOS QUE DESEJAM SAIR DESTA VEREDA TRAIÇOEIRA, PURIFICAR O CORPO E O ESPÍRITO, PARA RECEBER A CLEMÊNCIA E O AMOR DO NOSSO PAI CELESTIAL.
__________________________________________________________

És da ambição
a personificação da vitória,
és a traição
revestida de glória,
tens lábios de fel,
com gosto de mel,
és a quente aragem
que refugia o tufão,
és a falsa imagem,
que reluz o prazer da ilusão,
és o riso triste,
ar viciado que se respirou,
és o agora
de um futuro que não existe,
és do tempo,
a maldita hora,
o néctar inebriante
que conduz à cilada,
és o líquido volátil
sorvido na dourada taça do nada,
és da escória, a nata,
dos pais, a inquietude,
és a droga que aterroriza,
és o desatino
a mão que escraviza,
ata e mata,
nossa incauta juventude!
onde anda você meu menino?

ANDRADE JORGE
DIREITOS AUTORAIS REGISTRADOS
ANDRADE JORGE
Enviado por ANDRADE JORGE em 09/05/2006
Reeditado em 13/10/2008
Código do texto: T153083

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (DIREITOS AUTORAIS REGISTRADOS - ANDRADE JORGE). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANDRADE JORGE
Jundiaí - São Paulo - Brasil
1027 textos (89993 leituras)
26 áudios (1819 audições)
2 e-livros (330 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:48)
ANDRADE JORGE