Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A máscara

E uma máscara invísivel caiu,
Daquelas que as línguas não falam.
Se quer gemem.

A máscara.
De um não sei o que que eu havia visto.
De um nada que eu tinha previsto.

De uma palavra que eu havia colhido.
De uma beleza que eu havia percebido.
Antes nada, depois, rara.

De alguém que eu nem conhecia.
E já conhecia
Num sonho um dia.

A máscara.
Ontem o desejo.
Hoje, medo.

Mas não há máscara.
Não há admiração.
Há dor e invenção.

Mas há admiração.
Há raridade
Há emoção.

De um fingimento.
Ironia.
Ilusão.

Poucas notas resumem.
O ontem, paixão.
O hoje, decepção.
Maria Clara Dunck
Enviado por Maria Clara Dunck em 09/05/2006
Código do texto: T153246

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Clara Dunck
Goiânia - Goiás - Brasil, 30 anos
73 textos (4623 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 19:00)
Maria Clara Dunck