Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Kafkiano

Matei uma barata
ou matei Kafka
que comigo comia o sanduíche?

Mas o que faço num bar de rodoviária
às 4 da madrugada?
Meu ônibus é acorrentado fantasma
e a passagem comprei pra lugar nenhum

Desorbitado
da constelação dos hábitos
matei Kafka
ou me matei?

Da dolorosa metamorfose
mais que dor
há espanto no dia amanhecendo

Rossyr Berny
Enviado por Rossyr Berny em 09/05/2006
Código do texto: T153351
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rossyr Berny
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
61 textos (3128 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:16)
Rossyr Berny