Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pássaro terminal

Nunca mais encontrei os pássaros
que libertei às centenas das gaiolas

Não há em nenhum mundo
árvore poste riacho céus tatuagem
deserto ou campo fértil
que não os tenha tentado tocar outra vez

O que em mim não terão amado?
Tudo neles amei

II
Aves libertas
serão os amores a quem dei asas?
Conquistaram para si céus e mundos
outros corpos que nunca saberei

Libertá-los
foram tentativas de permanecer preso
aos amores que vivi

E esperando suas voltas
os perdi
por serem pássaros de impossível clausura

III
Ainda que de maneira piedosa
suplico
Dêem-me notícias de seus vôos e vidas

Tragam a assistência de sobrevôos e abraços
a este amor
Terminal por tanta ausência

Para que eu também possa voar
Rossyr Berny
Enviado por Rossyr Berny em 09/05/2006
Código do texto: T153353
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rossyr Berny
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
61 textos (3128 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:28)
Rossyr Berny