Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Férias VIII

"Hoje aquela tristeza me matou,
mas, como sempre, eu sobrevivi.

Tua figura é tão inesquecível
que à noite eu te vi sem te ver.

Um poema escorreu da minha boca,
caiu no meu colo e eu o perdi;

Uma música escapou dos meus dedos,
mas não chegou aos seus ouvidos

e eu perdi os seus dedos,
suas mãos e o corpo todo."
Diego Filipe Araujo Alcântara
Enviado por Diego Filipe Araujo Alcântara em 10/05/2006
Código do texto: T153446
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diego Filipe Araujo Alcântara
Camanducaia - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
152 textos (7339 leituras)
7 áudios (2204 audições)
1 e-livros (167 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:17)
Diego Filipe Araujo Alcântara