Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um de Nós Morreu

Histórias de nós começam
a circular pela memória,
acelerando o coração,
fazendo-a ardida de qualquer
mera glória.

Histórias de nós dois,
achamos nos córregos,
espalhadas como cinzas,
ao vento;
se acham nos pessegais,
antes prumo, agora veludo,
carregadas pelos braços do
povo enviezado.

Histórias de nós dois
são fáceis de encontrar,
tem rebuliço,
café coado em pano,
pastel de rua,
pipoca doce aos prantos,
e festa aos domingos
quando a família
se reunia para
dizer que nos amava.

Histórias de nós dois
nunca terminaram bem.

Em branco, não!

Mas, sempre carregadas
de tintas fortes,
destas feitas prá chorar,
nunca prá trazer as coisas
de volta.

Histórias de nós dois
estão perdidas no tempo
e não há como recuperá-las.

Então,enrola a corda e faz o nó!

E fica assim, me abro em
desespero de um lado,
e você debrua sua sede
na ave que sobrevoa alada!

Histórias de nós dois
nunca mais!

E que vá lá!

Que o céu se abra:
pois um de nós dois morreu!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 10/05/2006
Código do texto: T153483
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26789 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:29)
José Kappel