Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Terceiro Dia

É manhã do terceiro dia
As lágrimas rolam
Aos borbotões
Descem incontroláveis
É dia de Escolha
De início ou fim
Soluço
Que dor
Olho para as duas estradas
Não tem como fazer uma só?

É manhã do terceiro dia
Esgotaram-se as forças
Se foram
Debandaram
E é dia de Escolhas
De início e fim
Tenho medo
Estou só
Olho para as duas estradas
Não tem como fazer uma só?

É manhã do terceiro dia
Sou duas pessoas
Duas estradas
Dentro de mim
É dia de escolhas
De início ou fim
Empurro a dor
Decido!

Olho para as duas estradas
Não tem como fazer uma só!
Maria
Enviado por Maria em 10/05/2006
Reeditado em 19/10/2006
Código do texto: T153524
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4553 textos (186044 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:53)
Maria

Site do Escritor