Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REGIÃO NORDESTE

REGIÃO NORDESTE

Do meio-norte ao agreste
Da zona da mata ao sertão
Essas subdivisões
Formam a minha região.

Formada por nove estados
Digo com imensa alegria
O Maranhão, lá no norte
E ao sul, a nossa Bahia.

Limitando-se com o Maranhão
Temos o estado do Piauí
Seguido pelo Ceará
De Chico Anísio e Didi.

E o Rio Grande do Norte
Ao lado do Ceará,
Tendo a Paraíba ao sul
Com Pernambuco a limitar.

Tem o pequeno Sergipe
Ao sul de Alagoas
Em todos, a vida persiste
Povoados por gentes boas.

A chapada das Mangabeiras
Situada nessa região
Com 804 metros
É orgulho do Maranhão.

Sua capital é São Luís
Em 1912 foi fundado.
Se orgulha do Rio Tocantins
E de um povo animado.

Como esquecer do Piauí!
De bandeira verde-amarela
Com sua estrela branca
De Serra Grande tão bela.

Seus terrenos arenosos
Próximos ao litoral
Ao centro, vários rios
Paranaíba e São Nicolau.

O Estado do Ceará
De capital Fortaleza
Mostrando que cultura
É sinônimo de riqueza.

Ao norte, Jericoacoara;
Ao sul, Juazeiro do Norte,
Do padim pade ciço
E povo de fé e sorte.

De planícies litorâneas
Rio Grande do Norte está ali.
Com a Serra do Coqueiro
De rios Mossoró e Apodi.

O Porto Paramirim
De transporte naval
Situado em Natal
Sua exuberante Capital.

O Estado da Paraíba
Também nome de rio
Com os mangues do litoral
Enriquecendo este Brasil.

Lá o Sol nasce primeiro
Na praia da Ponta do Seixas
É o ponto extremo-leste
América do Sul não se queixa.

O Estado de Pernambuco
Localizado no centro-leste,
Tem zona da mata e caatinga
Sertão e também agreste.

O Estado de Alagoas
Situado no meio-sul,
Tem a Serra Santa Cruz
É banhado por Mundaú.

O Estado de Sergipe
Por cinco rios é banhado.
Cada um está na bandeira
Por uma estrela representado.

Banhado pelo “Velho Chico”
Também por Vaza-Barris
Fazendo dos sergipanos
Um povo muito feliz.

O Estado da Bahia
De Jorge Amado e Caetano
Foi uma das Capitanias
É hospitaleiro o povo baiano.

Salvador foi capital do país
Hoje, só do estado.
Tem o elevador Lacerda
Cartão-Postal do Estado.

Na moqueca: o peixe é brasileiro
O dendê veio da África,
Mas a técnica é portuguesa,
E a cebola é asiática.

De Chapada Diamantina
E Rio Paraguaçu
Tem a cidade de Itanhém,
Localizada no extremo-sul.

Itanhém é pedra oca
Na língua Tupi-Guarani.
Tem o Rio Água Preta
Feliz poetizei aqui.

Falei alegremente
Da minha região
De mangues e litorais
Orgulho da nação.

Com seus nove estados
Num deles surgiu o Brasil.
Que diziam ser descoberto,
Mas que alguém nos invadiu.

Sou feliz por ser brasileiro
Não sei o meu destino.
Não tenho vergonha de habitar
Em território nordestino.

Em toda parte do mundo
Há progressos e dificuldades
O Nordeste tem riquezas
Em suas diversidades.

Sua cultura é riquíssima
Música, Folclores e Literatura,
É um povo inteligente
No artesanato e na pintura.


GILVANIO CORREIA DE OLIVEIRA
itanhemninja@hotmail.com

ITANHÉM-BA, 13/09/2006.
GILVANIO CORREIA
Enviado por GILVANIO CORREIA em 13/04/2009
Código do texto: T1537360

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GILVANIO CORREIA
Itanhém - Bahia - Brasil, 45 anos
81 textos (4989 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/12/14 12:55)
GILVANIO CORREIA



Rádio Poética