Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Súplica pelo amor blasfemo

  Senhor. Escutai-me.
 Estou longe. Cansado.
 Vazio.
 Por que o chamo, se não te amo?
 E quando o faço, desconfio.
 Se o que amo é carne.
 Se o que quero é corpo.
 Mas sou teu filho
 Perdoai-me...
 Estou cansado
 De ser andarilho
 Dai-me o que quero
 Não é tão tarde
 Em nome do amor que tens por mim
 Teu filho
 Dai-me amor blasfemo
 Fruto do pranto
 Fruto da sorte
 Fruto soturno
 De minha morte
 Pois o que quero basta
 Nada além daquilo
 Que me desgraça
 Senhor, sem mais rodeios!
 O que quero é ela
 É o que anseio
 Senhor, estou longe.
 Cansado.
 Nada me resta
 Nada me presta
 Tudo me guia
 Tudo me mata.
Bernhard Schmitz
Enviado por Bernhard Schmitz em 10/05/2006
Reeditado em 18/04/2007
Código do texto: T153827
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bernhard Schmitz
Alemanha, 39 anos
11 textos (748 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:10)