Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

na corda bamba

eu não tenho certezas
consumiram-se na minha pressa de ter este e aquele mundo

o vazio tomou-me como escrava

por mais que eu queira desencarcerar-me ele derreia em mim
como um daqueles instrumentos que não sabemos usar
e que nos magoam quando tentamos improvisar

depois são os passos que não consigo dar
estremeço a cada tentativa de me levantar
pernas bambas que escoraram um corpo a amortecer

entrego-me a ti vazio e já não quero saber o que vou perder
entrego-me como uma nubente inconformada
açaimada no seu grito do "basta"

lunapensativa
Enviado por lunapensativa em 07/05/2005
Código do texto: T15399
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lunapensativa
Portugal, 44 anos
114 textos (10363 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:41)
lunapensativa