Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Palavras

Escritas, lidas, cantadas
Antigas, novas, inventadas
Sentidas, gemidas, gritadas
Que dizem de tudo no nada
Amigas de boca fechada

Nas bocas abertas vazadas
No canto da bocas surradas
Palavras malditas faladas
Derrubam no chão das estradas
As bocas que ficam fechadas

E elas caem desmaiadas
Na ponta das línguas paradas
De muitas gargantas cortadas
Que teimam em ficar entaladas
Em  soluços e arquejos no nada

que rezam, que cantam baladas
em todas as línguas faladas
Benditas, efêmeras, sagradas
no préstimo e poder camaradas
A todas meu muito obrigada!



Marilu Santana
Enviado por Marilu Santana em 07/05/2005
Código do texto: T15443
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marilu Santana
Paulista - Pernambuco - Brasil
204 textos (37058 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:41)
Marilu Santana