Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO ME AMES...NÃO ME CHAMES...


Não, não me queiras…
Não me ames…
Não me procures,
Nem aqui,
nem em nenhures…
Não me chames!

Fica aí…
Fica aí e esquece.
Nada é o que parece
e o Amor é complexo.
Por vezes, desconexo,
desconcertante…

Porque, inebriante,
ágil e traiçoeiro
o desejo se insinua.
Mostra-se lisonjeiro,
até aconchegante
e assim continua…

Até que surge o beijo
e desmascara o desejo…
É nesse exacto momento
que se mostra o sentimento.
Porque só o beijo esclarece
o que é, e o que apenas parece…

Porque só o beijo por amor dado,
só o beijo por amor trocado
é o início do êxtase, tem cor,
tem odor, tem o gosto do amor!

Enquanto o vulgar beijo,
que só provem do desejo,
é insonso e apenas guloso,
embora impetuoso…

Não me ames,
não me chames!...







HELENA BANDEIRA
Enviado por HELENA BANDEIRA em 12/05/2006
Código do texto: T155053
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
HELENA BANDEIRA
Portugal
397 textos (11665 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:07)
HELENA BANDEIRA