Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FOFO - CANDO

Fofo – cando.... fofo – cando
Fofo – cando, sem parar...
Não sabe fazer outra coisa?
Me erra, me esquece, me deixa pra lá!

Um mundo com tanto problema
Há tanto pra se cuidar!
Você com esse dilema
E ai? Vai me sustentar?

Fofo – cando... fofo – cando
Fofo – cando, sem parar...
Cuidado com sua lingua...
Você pode se machucar!

Não tem mais o que fazer?
Que tal um passeio no campo?
No shopping tomar um lanche...
Cuidar um pouco de você...
Sua depilação deve estar um caos
Seu cabelo? Quero nem dizer!

Fofo – cando... fofo-cando
Fofo – cando, sem parar!
Menina não perca sua vida
Ficando a me observar!

Sou dona dos meus próprios atos
Sou dona do meu próprio querer
E... Se tenho esse homem comigo
Ele o está pelo simples prazer!

Nossa união é elo conjugado
Não queremos causar agressão
Somos amantes unidos em vontade
Ligados pela mesma paixão!

Fofo – cando... fofo-cando
Fofo – cando, sem parar!
Nem adianta tentar separar
Tentar fazer intriga...
Sabemos o que queremos
Sabemos o que nos liga!

Fofo –cando... Fofo – cando
Fofo – cando, sem parar!
Vai cuidar da sua vida...
Eu só quero poetar!

Santo André, 12.05.06 – 07:15 h
Enloucrescida
Enviado por Enloucrescida em 13/05/2006
Reeditado em 13/05/2006
Código do texto: T155139

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Enloucrescida
Santo André - São Paulo - Brasil
634 textos (89720 leituras)
14 áudios (2047 audições)
4 e-livros (1046 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:54)
Enloucrescida