Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Venho do Lago

Venho do lago,
lá do norte ou do sul,
que cruza a ponte
que divide o céu da terra,
lá, onde nasce o sol
e acalenta a fria lua.

Sou do norte,
cavaleiro azul,
postejado de armas,
de coração amado,
de corpo sufocado,
pela falta dela.

Sou pronto
para a guerra,
às lutas impávidas,
lençoadas de morte,
mas não estou armado,
para enfrentar
a solidão dela,
o rumorejo de seu perfume,
a fala mansa e cortejada
de minha rainha
que desapareceu
por entre as paredes
dos sós.

Entre o norte ou o sul,
pois havia uma ponte
a nos separar, e lá
chamam, sôfregos,assim,de sopetão:
o laço de corda vergada,
que separa minha vida da sua,
é prima da casa da adeus,
pois neste amor proibido,
jamais vão nos deixar
alentar nossa paixão!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 13/05/2006
Código do texto: T155201
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26781 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:41)
José Kappel