Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Do mar observo a cidade

Do mar observo a cidade.
Tudo corre tranqüilo, o mundo não pára pela minha ausência.
Ninguém é tão insubstituivelmente forte
     [para parar tão grande moinho.
Aviões partem, outros chegam
e os carros se cruzam nesse infinito ir e vir.

De minha casa, penso em você.
Para mim, nada no mundo é insubstituível
     [como a tua ausência,
moinho dentro de mim.
Adolpho Ferreira
Enviado por Adolpho Ferreira em 13/05/2006
Reeditado em 22/01/2009
Código do texto: T155216
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Adolpho Ferreira
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 31 anos
16 textos (935 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 09:04)
Adolpho Ferreira