Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MÃE CONTAVA

MÃE CONTAVA

Mário Osny Rosa

Na calada da noite
Quando eu já dormia.
Ela sempre me espia
Nem coração se afoite.

Nunca se descuidava
Ao ouvir eu respirar.
Parecia uma juriti cantar
Durou tempo o arrulhar.

Era um nenezinho
Muito pequenino.
Nem tinha como segurar.
No momento de mamar

Lá se foram os tempos
Daqueles belos anos.
Agora nesse momento
Salvo algum engano.

Do céu recebo seu alento
A tenho no pensamento.
Do céu lança à benção
Minha mãe do coração.

São José/SC, 13 de maio de 2.006.
morja@intergate.com.br
www.mario.poetasadvogados.com.br




Asor
Enviado por Asor em 13/05/2006
Código do texto: T155530
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Asor
São José - Santa Catarina - Brasil
1677 textos (36848 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:13)
Asor