Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO LEIA ESTE POEMA




Não leia este poema
Pois, talvez, o tema,
Não seja de teu interesse
Faça o que eu disse

O sol desvirginou a lua
Confusão celestial
Total...

Corruptor de menores
Falou um cometa esquentado
Fez mal à pobrezinha

Fez mal...Resmungou uma estrela cadente
Que por entre os dentes
Comentava:
_ Mal coisa alguma, pois esta
Tal de Lua é muito oferecida.

Um planeta, mais comedido,
Pensou com seus botões:
Sempre há solução
O que houve entre eles
Foi pura paixão

Mas alua, alheia a tudo,
Continuava a brilhar
E às noite a enfeitar

O sol, garanhão dos céus,
A ela disse adeus
E foi a outras namorar!


Denise








Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 08/05/2005
Código do texto: T15580

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916769 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:45)
Denise Severgnini