Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Canção do tolo

Do lado de fora do forte
Espairece sobre as águas
Um manto de folhas e musgos
Que esconde as águas coradas
De avermelhado fresco.
De suas margens,
Úmidas e inférteis,
Brotam rosas vermelhas
Insólitas de perfume
Onde dá-se vida à osga
E num ósculo de cavalheiro
Ganha vida ovante
E insere sobre a dor
Todo o horror pulsante.
Cerúleo poder das fontes
Levai-me também a vida!
Para que com rosas
Eu viva intensa morte
E no prazer pululante
Sinta seu aroma inexaurível.
Maria Clara Dunck
Enviado por Maria Clara Dunck em 14/05/2006
Código do texto: T156150

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Clara Dunck
Goiânia - Goiás - Brasil, 30 anos
73 textos (4623 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:22)
Maria Clara Dunck