Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bom dia! Como vai?

Trouxe flores com perfume de saudade, emergidas na essência do amor, cultivadas sob o sereno da madrugada, derramei lágrimas de emoções, alegrias pelo teu riso causado.
O dia nublado se fez radiante a todo instante, penso em você, eco do meu bem querer.
Parece-me que o amor, estatelou todos seus anseios, ofuscou o medo e afastou a dor e se pos fortaleza diante da vida.
Parei por alguns segundos, no giro do mundo, rabisquei versos na minha pieguice sem medida e fui feliz, contando histórias, guardadas a sete chaves na memória, doce nostalgia, minhas idéias criaram asas, atravessaram o mediterrâneo, pousaram em um canto qualquer do mundo, folheando páginas, sentado na praça, dando comida aos pombos.
Onde a passarada, entoa cânticos, ciscam emoções, pisei sem querer na poça d´água, refletiu minh ´alma, sorri feito um bobo...
Brinquei de roda, bati palmas, gritei aos céus e entre nuvens desenhei a face do amor rosada.
O silêncio foi quebrado, mãos postas no ombro esquerdo, sentiram o peso.
-Bom dia! Como vai?
Como tem passado, há quanto tempo não te vejo, os espelhos foram quebrados, a linha do destino foi traçada ao longe.
Por que não responde ao meu chamado!
Em cada dia que amanhece, estou do seu lado, sabe quem sou...
- Sou o riso de teus lábios!
Pela rotina ofuscada.
Afloro sem que você perceba, distraidamente, sou impulsionado.
Em cada palavra de afeto, vibro por dentro, em cada afago em almas alheias, edifico minha morada.
Sou o riso, teu grande amigo!
Quando passar por mim, diga:
- Bom dia! Como vai?
Surgindo de mansinho, faço meu ninho em teus lábios.
 
 

Escrito
15.05.2006

Por Águida Hettwer

Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 15/05/2006
Código do texto: T156295

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Águida Hettwer
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 42 anos
1258 textos (116374 leituras)
15 áudios (2138 audições)
6 e-livros (2257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:07)
Águida Hettwer

Site do Escritor