Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Encruzilhada

Sai de mim amargura
Deixe-me retornar a alegria
Não quero secar meus sentimentos
Não quero apodrecer minhas emoções

Quero verter poesia
Plantar belas ilusões, colher sorrisos
Quero nascer de novo e de novo...
Não como planta rasteira, mas um forte carvalho

Quero meu coração a pulsar poderoso
Quero deixar a alma voar por sobre cidades
Quero de longe, ver o mal
Para dele jamais me aproximar

Quero deixar de lado o caderno
E desabafar com quem possa responder
Não quero mais fugir para o lado errado,
Nem falar tanto, a quem nada quer ouvir.

Não espero mais pelo destino
Minha vida só pode ser governada por mim
Mas viver nossos pensamentos causa solidão
Quando não compreendido só recebo repressão

Procuro pela paz de espírito, paixão com ardor
Mas esse paradoxo às vezes traz muita dor
Sei que a depressão é uma doença da mente
Mas como é complicada essa encruzilhada,
Chamada subconsciente.
*Mas, aguarda-me que ainda te domino*
DEMIAN
Enviado por DEMIAN em 16/05/2006
Código do texto: T157387
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DEMIAN
Guarapuava - Paraná - Brasil
38 textos (3502 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:46)
DEMIAN