Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OLHOS DA NOITE

Os olhos da noite...
perdidos.. insanos...
Queridos...Mundanos...
Brincam como gazelas
Espreitando as vastas quimeras,
os sonhos longínquos...
Os olhos da noite
Quietos, mansos
deleitam-se nas estrelas
entre versos e ventos,
entre cantares profanos...
desnudam os poemas,
brindam com o vinho dos desejos
Aquecem os incautos
os solitários
os loucos e os poetas...
Deslizam pela Lua
um tanto tímidos,
um tanto fogosos...
beijando as canções
Espalhando versos
num olhar cálido
Dançando
Bailando
Girando duas meninas
Sedutoras
Pueris
Olhos da noite
desejosos...ansiosos...
deliciosos olhos que agora beijo
Quieto como um poeta...
Feliz como um menino...
DARWIN FERRARETTO
Enviado por DARWIN FERRARETTO em 17/05/2006
Reeditado em 17/05/2006
Código do texto: T157484
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DARWIN FERRARETTO
Santo André - São Paulo - Brasil, 53 anos
20 textos (1424 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:49)
DARWIN FERRARETTO