Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perco Em Mim

Perco em mim
pelas horas que não
alcanço.
Se me perco em procurar
sóis,luas e montanhas majestosas,
também me perco
nos raios que fazem de mim
um eterno das coisas
fascinantes.
Perco em mim por horas
que passam e não fazem sombra;
por calma e felicidade que
de gigantescos sonhos que me assolam
dia e noite.
Sou andarilho de trilhos,
homem de guarda e montarias,
homem que procura fadas
no seio de vinténs.
A Lua me banha
com frescor e candura.
Mas é pobre esta Lua
que se esconde atrás
de montanhas azuis.
Se sou a sombra das duas
então faço parte das
viagens através das estrelas
a procura de fadas-madrinhas
que, um dia,com um cordão mágico,
tansformará este vale agora cinzento
numa luz mágica.
E neste dia os homens
compreenderão que tal é a guerra,
tal é o amor.
Se me perco e não me acho,
se encontro e perdôo, será,então, tudo
fácil quando o dia despontar,
e fingir que se esqueceu
da tal magia das duas Luas
que, num certo tempo nesta noite,
me banharam com imagens suas.
José Kappel
Enviado por José Kappel em 17/05/2006
Código do texto: T157556
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26782 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:40)
José Kappel