Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

morte


é um dia de inverno

no meu jardim as flores sucumbiram com o gelar de sentimentos
os insectos e os rastejantes também morreram

a minha alma ausentou-se e
até eu sou apenas uma sombra de mim

queria hibernar
não assistir ao quotidiano perfeito dos outros
que ainda têm alma mas que não a alimentam

queria morrer para não viver um tempo que não é o meu
para não sentir as saudades

para não amar
lunapensativa
Enviado por lunapensativa em 09/05/2005
Código do texto: T15778
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lunapensativa
Portugal, 44 anos
114 textos (10363 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:10)
lunapensativa