Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nossa Vida!

Sustento em meu peito a dor de ti amar,
Me sinto como um órfão,
sem um colo para deitar,
O amor não deveria doer,
e eu deveria parar de chorar, mas fico aqui esperando que venhas secar meu pranto.

Meu coração não bate mas no ritmo da nossa canção, que falava de amor,
de sentimento, talvez, por isso eu seja assim tão sentimental.
Não espero que apareça na minha janela com um violão cantando a nossa canção.
Mas espero de ti que venhas ao meu encontro e me permita salvar nossas vidas.

E todas as vezes que nossos olhares se cruzarem renascerá,
dentro de mim a alegria de viver.
E ouvirei o canto dos anjos brindando as taças da esperança,
sobre nós e veremos o sol virar lua em pleno meio dia.
31/10/1997
Janaina Gama
Enviado por Janaina Gama em 09/05/2005
Código do texto: T15785
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Janaina Gama
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 39 anos
140 textos (6197 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:42)
Janaina Gama