Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 Recado malcriado

Rosa Pena
 
Gosto das madrugadas!
Do silêncio delas.
Das línguas paradas
cansadas
das bocas fechadas.

Gosto da madrugada!
Sem ruídos
Sem ouvidos
Apenas os meus sentidos.

Gosto da madrugada!
Para pensar nele
Para poetar pra ele
Para ler poemas dele.


Gosto da madrugada!
Hora de sonhar
Hora de imaginar
Hora de planejar.

Gosto da madrugada!
Assim...
Descrevi tintim por tintim.
Só abro mão dela
para o meu amado.
Mas ele não liga pra mim.

Gosto da madrugada!
E não suporto a invasão
as entradas na contramão
em meu coração.
Não estão com nada.

Gosto da madrugada
e em defesa dela
fiquei malcriada.

Rosa Pena
Enviado por Rosa Pena em 14/01/2005
Reeditado em 26/06/2010
Código do texto: T1580
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Rosa Pena
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
954 textos (1390095 leituras)
48 áudios (24755 audições)
33 e-livros (28799 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/16 12:30)
Rosa Pena

Site do Escritor