Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Serviço Público


Vou ardendo
na fumaça das horas.

Consumido
no trabalho
sem sentido.

Sentidos alertas
refém da cafeína
dia não ensina
noite é refúgio.


Fuga
que percorro
em vigília
outros talvez amem
talvez criem.

Eu sigo olhando
um relógio
(inexistente).



Ricardo Mainieri
Enviado por Ricardo Mainieri em 18/05/2006
Reeditado em 18/05/2006
Código do texto: T158175
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ricardo Mainieri
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 56 anos
1915 textos (29349 leituras)
1 e-livros (105 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:44)
Ricardo Mainieri