Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VERDADE



Pensei... imaginando tudo saber.
Que já estava, amadurecida.
Dominando os sentimentos...
Que era eu... que fazia os momentos.

Que caminhos por onde ir eu escolhia.
Que todas estradas eram conhecidas.
Pensei... ser impossível nelas me perder.
E querendo retornar sempre poderia.

Pensei poder tomar qualquer direção.
Mas sinto que sou levada por atalhos.
Desorientada e confinada a uma solidão.
Pensando... não haver solução.

Ando neles sendo fragilidade.
Penso... não sei é nada na verdade.
E eu, que pensei ser a dona.
Das minhas vontades.


(24.11.05 - Rio de Janeiro /RJ)
Natureza Poética
Enviado por Natureza Poética em 18/05/2006
Código do texto: T158443

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citando nome do autor, data, local e link de onde tirou o texto.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Natureza Poética
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
43 textos (3204 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:54)
Natureza Poética